29 de julho de 2011

... beijei a boca da noite


bebi toda a água do oceano

7 comentários:

Táxi Pluvioso disse...

Não pode ser. E a vocação portuguesa? E o regresso ao mar, salvação nossa, apontada pelo nosso líder-mor? Se bebem o mar, fica-se-nos só a terra, e nós não somos bons em solo seco, teríamos uma troika de 5 em 5 anos para nos ensinar os melindres da governaçao. Viva o aumento da luz e gás e água para os 23%! Porque, bem notam os europeus, esses não são bens comuns, o único bem comum é a indústria financeira, essa sim tem que ser apoiada, com carinho e desvelo, para que todos possam ter dívidas e serem felizes.

(Só há uma coisa que eu não compreendo neste novo raciocínio do Governo eleito pelos portugueses: onde querem chegar imitando a Europa, não veem os dados da OCDE? Que é uma zona de incipiente crescimento, onde querem ir imitando leis laborais de uma zona que não cresce? Se não funcionam na Europa, em nós, porque somos mais bonitos e ligados a Nossa Senhora, vai dar aquele pontapé no crescimento da nossa economia? De resto gosto muito da sua forma de ler os discursos, isto é, os papéis que levam escritos). bfds

fallorca disse...

Delírio, puro delírio...

Dj Alma disse...

Caramba.

fallorca disse...

Fabuloso, hem? :)

Andressa disse...

a noite beija bem.

Andressa disse...

a noite é mais louca que ele.

fallorca disse...

A noite, sim; ele, nem pensar