1 de maio de 2013

Rosa e Valter, vou a caminho

3 comentários:

Claudia Sousa Dias disse...

Chomp, chomp...yammyamm...!

Maria Cruz disse...

A primeira vez que peguei num carro foi num Panda branco frigorifico.
Só de me lembrar que era preciso fazer ponto de embraiagem, ficava logo com a perna a tremer e a pensar: Pronto, lá vai ele fazer fosquinhas. :)

fallorca disse...

Com a perna a dar a dar? Ó francamente, e fiz eu (noutros tempos) os raides «Panda 1000», Norte (Chaves/Óbidos) e Sul (Lisboa/Sagres),fora de asfalto sempre que possível.
Este trepou Monchique acima (por Odelouca) que foi uma loucura, menina ;)