25 de março de 2012

Às vezes, lá calha...




«Ler é um trabalho de memória que nos permite, através das histórias, desfrutar da experiência passada de outros como se fosse nossa.»
(Alberto Manguel)

7 comentários:

tétisq disse...

"...a literatura é como o amor: tem de nos seduzir à leitura. Ler por obrigação é como fazer do amor um dever matrimonial."
Dietrich Schwanitz

Acabado de ler pouco antes de ver o post e apeteceu-me partilhar...

Boa Noite!*

Cristina Torrão disse...

Assim se alargam horizontes ;)

fallorca disse...

tétsqui,
já fui «espreitar»
bom dia :)

Cristina,
Tu fazes/escreves assim: através das «histórias» de outros :)

Cristina Torrão disse...

Assim espero ;)

Bípede Falante disse...

Excelente definição!

F disse...

"...a literatura é como o amor: tem de nos seduzir à leitura. Ler por obrigação é como fazer do amor um dever matrimonial."
Dietrich Schwanitz

Muito bom!

F disse...

Direi que, quando lemos algo que nos toca, que ressoa em nós, é porque também já era nosso.