24 de maio de 2012

Porque a Net fornece um novo dia

6 comentários:

Patrícia Oliveira♥ disse...

"Que a cada manhã a sua coragem acorde bem juntinho de você, sorria pra você, e o convide para viverem uma história toda nova, apesar do cenário aparentemente costumeiro."

Caio Fernando Abreu



adorei aqui, e com certeza ficarei :)

estou seguindo..
retribui??

beijos
http://momentosdapathy.blogspot.com.br

fallorca disse...

Retribuo pois, visitando :)

Nuno Monteiro disse...

Olá Fallorca:

Já reparei que de vez em quando faz uma incursão pela educação e desta feita dá honras de "capa" ao nosso tão estimado matemático, enquanto espero pelo "Doutor Pasavento", vagabundo entre a poesia do Manuel de Freitas e a do António Barahona. Às vezes esquece-me de como tudo isto é tão absurdo...

fallorca disse...

«...de vez em quando faz uma incursão pela educação...»
E não é tudo educação, Nuno?

Nuno Monteiro disse...

estou hiper sensibilizado em relação à educação; talvez sim, talvez seja, mas não consigo perceber este país, daí a deriva relativamente à poesia, infelizmente só vou deitar as mãos ao Doutor Pasavento na próxima segunda feira, Domingo passado lemos poesia sua aqui num bar da cidade, porreiro...

fallorca disse...

Gostava de ter assistido; mas haverá novo livro lá para Setembro.
Abraço