18 de novembro de 2010

Às vezes, lá calha...

«A experiência é um ténue candeeiro
que só ilumina quem o segura.»

8 comentários:

manuel disse...

http://www.youtube.com/watch?v=zMy3nO2KRlA&feature=related

fallorca disse...

Ó meu querido garimpeiro hikikomori, fiquei sem palavras :)

manuel disse...

http://deeplyblue.com/bluetea/uploaded_images/tomgauld3-755635.jpg

ehehe

fallorca disse...

Mas tu não me daixas desligar isto e começar a LER, seu malandro?
ehehehe

nuno monteiro disse...

acontece bastas vezes, que este mundo indizível só entregue razão passados cinquenta, sessenta, às vezes mais anos... refiro-me à obra escrita do Céline, talvez o único dos franceses que renascerá não tarda...

fallorca disse...

Nuno, não é fácil «apagar» Céline; não se esqueça que ele percorreu a Viagem ao Fim da Noite

nuno monteiro disse...

Quiseram, ahh se quiseram, e não foram poucos, a "viagem" foi um dos livros que eu mais gostei de ler, comprei-o em Lisboa na Trama, livro usado de capa verde, com umas letrinhas muito pequeninas, vim de autocarro no dia seguinte para cá para cima e nunca mais parei de ler aquilo, entretanto da Assírio, li também "Morte a Crédito" traduzido magnificamente pela Luísa Neto jorge, tenho pena, tenho imensa pena que depois de "nord" não tivessem continuado com a edição ou reedição, mas tentaram, tentaram apagá-lo e há ainda para aí uma data de santos que querem continuar a apagar quem diz ou fala livremente...

bem haja fallorca!

fallorca disse...

A casa é sua :)