10 de novembro de 2010

Breve interlúdio musical

4 comentários:

manuel disse...

Aquilo do Cossery já funciona. A personagem desse livro que gosto mais é, naturalmente, a do drogado. Já há muito tempo que não tenho cheta para comprar livros, mas ando sempre a espreitar na Bertrand; um que apareceu agora é a nova tradução do Estaleiro, do Onetti; tenho a edição antiga do livro, do que me lembro melhor é de uma das personagens ouvir música sacra enquanto outra ouvia tangos reles; o que gostei desse livro, só que a edição de agora custa 22 eirós ou o carais.

fallorca disse...

manuel,
tu nem me digas nada, que amanhã vou a Lisboa (sim, porque eu sou suburbanos) e estou doido para chegar a casa; depenado e com um saco de munições :P

Hugo Santos - Portfólio disse...

Uma proposta para um interlúdio musical (se lhe aprouver como o outro dos CRONÓPIOS):

http://www.youtube.com/watch?v=A9mkV96HPo0&feature=related

Até breve.

Hugo Santos

fallorca disse...

Obrigado, Hugo :)