16 de janeiro de 2012

Às vezes, lá calha...

«O grito tem um nome humano, desespero.»

4 comentários:

scopitone disse...

http://la-litterature-a-l-estomac.tumblr.com/post/11864951217/entretien-avec-gerard-berreby

fallorca disse...

Obrigado ;)

zé pedro disse...

http://bibliotecariodebabel.com/geral/um-manifesto-sobre-o-poder-da-leitura/


Um abraço deste leitor que o lê.

fallorca disse...

Bem relembrado, Zé Pedro
Abraço :)