18 de janeiro de 2012

Porque a Net fornece um novo dia

5 comentários:

Andressa C. disse...

:)

F disse...

http://blogscraps.blogspot.com/2011/10/blog-post_28.html


... e depois há aquela história daquele gajo que escreve guias de viagens para turistas acidentais e que conheceu uma mulher, não graças aos livros, mas graças ao facto de gostarem de cães.

Normalmente costumo escolher as leituras de acordo com o grau de concentração que os tempos / envolventes o irão permitir. Há livros que se lêem melhor na cama que outros. Há uns mais adequados para férias. Outros há que se lêem muito bem numa mesa de café (sem música ambiente)...

fallorca disse...

Nessa viagem, guardei os livros e fui a ler nucas ;)

F disse...

As nucas parecem muito compenetradas.

MCS disse...

Pois já me aconteceu várias vezes optar por não ler durante a viagem. Mas sabendo que tenho um livro no saco, faz toda a diferença.