3 de agosto de 2011

Às vezes, lá calha...

«Não deixes entrar nenhum estranho enquanto eu ‘tiver fora.
Ela soltou um fundo suspiro. Não há uma só alma neste mundo que não seja um estranho para mim, disse.»