15 de julho de 2010

Porque a Net fornece um novo dia

É capaz de ser melhor abrir a imagem...

4 comentários:

sonia disse...

É estranho que aqui no Brasil ninguém tenha tido idéia semelhante. Pode até ser que exista algum grupo fazendo isso, mas desconheço completamente. Na minha cidade, então, duvido que haja! Fiquei aqui com "água na boca" de pensar em frequentar um grupo dessa natureza.
Abraços.

redonda disse...

Li-o há muitos anos e na altura gostei tanto do livro que até me meti a decorar o poema de John Donne que aparece no início (e eu não gosto assim muito de poesia...)
Será que não poderiam ter a mesma iniciativa numa livraria no Porto? :)

fallorca disse...

Redonda - Não se trata de uma livraria, mas do que no Porto não conseguiram fazer com a Casa de Eugénio de Andrade.
A família de Mário Dionísio, apoiada por um staff desinteressado de se lhe tirar o chapéu, há cerca de um ano que conseguiram levar a bom porto (e melhor colina) este projecto
http://www.centromariodionisio.org/

Prazer em vê-la por aqui :)

fallorca disse...

Sonia - o comentário é extensivo a si; mas tenho conhecimento e creio estar nos nºs atrasados do blogue, de uma biblioteca feita por um apanhador de lixo para as crianças e adultos de uma favela.
Creio ter lido isso e destacado aqui, em

http://ocafedosloucos.blogspot.com/

Obrigado por me seguir, mas não lhe prometo nada :)